Sobre o Projeto | GT-MRE - Grupo de Trabalho em Experimentação Remota Móvel

Sobre o Projeto

Visão Geral

O objetivo do GT-MRE desenvolve e implanta uma plataforma que integre ambiente virtual de ensino e de aprendizagem através da disponibilização de conteúdos didáticos abertos online, acessados por dispositivos móveis ou convencionais, e complementados pela interação com experimentos remotos.

Público Alvo

Em um primeiro momento são beneficiários do projeto alunos e professores da Educação Básica, Ensino Técnico e Ensino Superior no Brasil e países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que efetuarem seu cadastro e obtiverem habilitação para acesso ao sítio do RExLab onde todo o material produzido estará disponível para uso. O mesmo se aplica a países com outros idiomas, pois, a partir de parcerias pretende-se adequar o material didático para outras línguas.

Arquitetura

Em uma visão macro o protótipo/serviço é implementado a partir de três grandes blocos denominados: “Experimentação Remota Móvel (MRE)”, “Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA)” e “Conteúdos Didáticos”. O bloco denominado “MRE” compreende os experimentos remotos e a aplicação para dispositivos móveis (WebApp) para controle e observação dos experimentos remotos e acesso aos conteúdos educacionais em multiplataformas computacionais.

Licença

CC-BY-NC-SA: esta licença permite que outros remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho para fins não comerciais, desde que atribuam o devido crédito e que licenciem as novas criações sob termos idênticos.

Tecnologias Utilizadas

Os quinze experimentos remotos disponíveis até então, são dispositivos que permitem trabalhar com sistemas físicos reais através de Internet, utilizando dispositivos convencionais (microcomputadores, laptops, etc.) ou móveis (tablets, smartphones, etc.).

Os recursos de hardware e software utilizados no acesso aos experimentos são desenvolvidos no laboratório utilizando tecnologias de baixo custo e abertas. Os recursos de hardware utilizados partem da placa RaspberryPi, que junto a uma placa de aquisição e controle desenvolvida pelo laboratório, controla variáveis dos experimentos e retorna valores lidos pelos sensores.